Saúde Sexual - Informações sobre sexo e sexualidade

Preservativo Masculino - As Novidades

Articles / Saúde
Date: Nov 29, 2006 - 05:04 AM

Por Anne Griza
Psicóloga e Sexóloga

Há pouco tempo atrás foram feitas mudanças no preservativo tal como se conhece hoje. Os países da Europa aumentaram o comprimento da camisinha em cerca de 1 cm, ou seja, de 16 cm, ela passou a ter 17 cm. de comprimento. Também seu diâmetro foi aumentado, de 52 mm para 55 mm. Estas mudanças já atingiram outros continentes, como a América.



Além destas mudanças, estão sendo criados outros tipos de preservativos, para garantir maior conforto e tanta proteção quanto a camisinha que se conhece. Um deles foi desenvolvido na Alemanha: trata-se de um preservativo mais folgado que os atuais, feito de látex, da mesma forma que os atuais. A diferença é que seu diâmetro é bem maior que o da camisinha comum, ficando o preservativo preso pela base, que é bem firme, para garantir que o preservativo não cairá, nem se deslocará, descaracterizando sua função de proteção.

Estão ainda, em desenvolvimento, preservativos feitos de plástico, que possuem algumas vantagens em relação aos preservativos comuns: além de se deteriorarem mais lentamente, não causam alergias e podem ser usadas juntamente com gel lubrificante à base de óleo. Estes preservativos têm a mesma espessura daqueles feitos de látex.

No Canadá está sendo criado um preservativo líquido em forma de gel, que deve ser aplicado nas áreas genitais e anais antes do ato sexual. Este preservativo é composto de microbicidas à base de polímeros. Estes, em contato com o corpo, solidificam-se, criando uma barreira protetora à transmissão de DST’s, inclusive a AIDS. Este preservativo está em fase de testes, mas acredita-se que logo estará disponível para comercialização.

Na linha dos produtos feitos com látex está o preservativo líquido, criado pelo médico Karl Machlamer. Este preservativo funciona da seguinte forma: é passado no pênis já ereto, desde sua base até a glande. Espera-se o líquido secar e a relação sexual pode acontecer. É tão seguro quanto o preservativo comum, porém, o tempo de secagem é de cerca de 5 minutos, o que pode dificultar a relação sexual.

Existe ainda, um preservativo unissex. É uma camisinha de plástico, porém mais fino e resistente do que o látex, com uma extremidade mais larga do que a outra, o que torna possível seu uso também pela mulher. Este produto é comercializado na Colômbia, mas pode ser exportado para outros países em breve.

Existe ainda a camisinha feminina, em diferentes materiais e formas de utilização. A ciência tem trabalhado e pesquisado diferentes formas para a proteção contra as DST’s e gravidez indesejada. Cada vez mais aparecem novos materiais, mais seguros ou que proporcionem mais sensibilidade ao homem e à mulher, para que o sexo possa ser aproveitado em todas as suas formas, para que o prazer aconteça sem riscos.

É claro que não basta a tecnologia descobrir novas formas de proteção. Cabe a cada um utilizá-las, conhecê-las e cuidar-se, da forma que seja mais confortável para si e para o parceiro. A conscientização ainda é a maior arma contra as doenças sexualmente transmissíveis, principalmente a AIDS, que a todo ano dizima milhares de pessoas em todo mundo.




This article comes from Saúde Sexual - Informações sobre sexo e sexualidade
http://saudesexual.com/

The URL for this story is:
http://saudesexual.com/modules.php?op=modload&name=News&file=article&sid=107