Saúde Sexual - Informações sobre sexo e sexualidade

A Atração Sexual

Articles / Relacionamento
Date: Jul 04, 2005 - 11:12 AM

Por Jonatas Dornelles
Antropólogo

Considerações a respeito da diversidade de padrões de beleza

Todas sociedades adotam um sistema de normas e valores morais para regular a atividade sexual. E em cada uma delas, esse sistema é diferente. Na medida em que submetem as relações entre os sexos a certas normas sociais, os homens se distinguem radicalmente dos outros animais. A sociedade não se limita a estabelecer o que é permitido e o que é proibido. Ela também influencia os sentimentos mais íntimos e difusos de seus membros.

As variações dos padrões de beleza nas diferentes sociedades, e de uma época para outra numa mesma sociedade, são um bom exemplo dessa influência. Em fins do século XIX no Ocidente, seios grandes, cintura fina e quadris largos, ainda mais realçados por anquinhas , eram as qualidades físicas que um homem poderia desejar numa mulher. Por outro lado, a donzela frágil, quase sem seios, barriga ligeiramente arredondada, roubava noites de sono dos bravos cavaleiros da Idade Média.

Entre uma cultura e outra, hábitos e diferenças de gosto são ainda maiores. O rosto coberto de cicatrizes, os gestos e as danças das mulheres de certas tribos africanas; ou, os pés pequenos, a aparência frágil e o andar saltitante das chinesas, dificilmente pareceriam atraentes para um homem ocidental. Da mesma forma, nariz atravessado por um osso e as atitudes de virilidade de um nativo de Papua Nova Guiné, não seriam considerados sensuais por uma mulher americana ou européia.
Os diversos padrões de beleza física nem sempre têm um significado erótico imediato. O botoque que torna proeminente o lábio inferior de alguns índios brasileiros, por exemplo, não foi criado propriamente para aumentar a atração sexual. Mas, como simboliza coragem e virilidade, qualidades valorizadas nos homens, pode eventualmente desempenhar esse papel. Dessa forma, homens e mulheres não são considerados atraentes apenas pelo seu físico, mas pelo significado cultural que se atribui a certas características físicas.

Em nossa sociedade, a família, os grupos de amigos, os veículos de publicidade, a arte, a literatura e os meios de comunicação de massas são as principais influências que moldam os padrões de beleza vigentes. O indivíduo, a partir da combinação desses padrões com sua própria experiência de vida, forma uma imagem idealizada da pessoa que gostaria de ter como parceiro sexual. Não faltariam exemplos nesse sentido. No Ocidente, o cinema de Hollywood popularizou a mulher loira de olhos grandes como um tipo de beleza desejado.

A imagem do homem ou da mulher ideal também tem uma certa relação com pessoas que desempenham um papel importante em suas vidas, mesmo ainda na adolescência. Nesse caso, transmitindo padrões culturais de comportamento masculino e feminino, de beleza e atitude. Pode-se mesmo admitir que essa imagem inclua elementos da mãe, irmã ou professora. Ou então do pai, irmão e professor. E ainda, de um artista da música ou cinema. Entretanto, tais influências nem sempre agem de forma simples, através de pura imitação. Ocorre sim uma mistura de influências.

O fato é que achar, ou não, uma pessoa bonita é uma opinião ligada a diversos fatores. Muitos deles estão ligados a questões psicológicas do indivíduo. Outros fatores têm origem social. O melhor de tudo é que o feio para um pode ser o belo para outro. Como vivemos em uma sociedade complexa globalizada, dividem espaço diversos padrões de beleza. A maioria da população mundial não possui o fenótipo dos modelos da "alta costura". Ninguém deve se sentir mal por não ser parecido




This article comes from Saúde Sexual - Informações sobre sexo e sexualidade
http://saudesexual.com/

The URL for this story is:
http://saudesexual.com/modules.php?op=modload&name=News&file=article&sid=56