Saúde Sexual - Informações sobre sexo e sexualidade

Transexualidade

Articles / Comportamento
Date: Feb 13, 2006 - 07:54 AM

Por Kelly Cristine Barbosa Cherulli
Psicóloga e Sexóloga

Existem pessoas que sentem que o corpo que possuem não lhes pertence. Em relação a sexualidade significa dizer que tem a sensação de terem nascido com um corpo biológico (genitais) incompatível com seu sexo emocional. Essas pessoas são chamadas de transexuais, e vivem o que chamamos de Transtorno de Identidade Sexual.



Biologicamente, o sexo (órgão sexuais) é determinado geneticamente. Todo ser humano tem sua constituição genética normalmente formada 23 pares de cromossomos, sendo 22 pares que determinam características hereditárias (cor dos cabelos, olhos, pele, estatura, etc.) e 1 par que determina seu sexo masculino (XY) ou feminino (XX).

Ao longo do seu desenvolvimento os fatores socioculturais e emocionais serão fundamentais para que se estabeleça o que chamamos de identidade sexual.
A psicanálise nos diz que a identidade sexual é estabelecida após a resolução do Complexo de Édipo. Nessa fase que o menino se identifica com o pai (figura masculina) e a menina com a mãe (figura feminina) procurando então desempenhar seus papéis sociais de maneira a ser aceito e se enquadrar dentro dos padrões de uma sociedade.  

Com o transexual é diferente. Mesmo que ele possa “identificar-se” com seu pai ou sua mãe, de forma a cumprir seu papel na sociedade, ele sempre carregará consigo um conflito. Isso acontece porque aquele que nasceu com o sexo masculino, sente que pertence ao sexo feminino (a recíproca também é verdadeira).

No caso dos homens que vivenciam esse conflito, muitos chegam a abominar o próprio pênis, fazendo de tudo para escondê-lo ou mesmo desejando extirpá-lo. Aqueles homens e mulheres que resolvem assumir sua transexualidade recorrem a hormônios (durante anos) e cirurgias de forma a adquirirem um corpo mais feminino ou masculino.

Alguns chegam a recorrer à cirurgia de mudança de sexo (cirurgia onde os órgãos sexuais são retirados e substituídos/reconstruídos por algo mais parecido com os do sexo oposto). No caso do homem o pênis é amputado e uma vagina é construída pelo cirurgião. No caso da mulher a cirurgia é mais complicada, pois implica a “construção” de um pênis com outras partes do corpo, muitas vezes com o uso de próteses penianas, sendo que muitas vezes é preciso uma ou mais cirurgias para um ou outro retoque.

Está é a última etapa da transformação e quem resolve fazê-la passa por todo um processo de avaliação clinica que envolve a parte médica, psicológica, psiquiátrica e social, uma vez que a cirurgia é irreversível.

Algumas transformações podem deixar muitos de queixos caídos. Quem não se lembra da bela Caroline Cossey, também conhecida como “Tula” uma das bond girls em 007 For Your Eyes Only, 1980. Nascida Barry Cossey ela trocou de sexo por volta dos seus 15/16 anos.

Seja como for o transexual sofre preconceitos de todos os tipos e dificuldades legais em diversos países. A cirurgia é permitida em alguns e proibida em outros paises. Alterar documentos (nome e/ou sexo) é outra dificuldade. A falta de uma legislação especifica, na maioria dos países, é talvez o maior problema enfrentado por esses indivíduos em relação a seus direitos como pessoas e cidadãos que como qualquer um, pagam seus impostos e tem o direito de ser feliz.




This article comes from Saúde Sexual - Informações sobre sexo e sexualidade
http://saudesexual.com/

The URL for this story is:
http://saudesexual.com/modules.php?op=modload&name=News&file=article&sid=82